fbpx

CRÉDITO HABITAÇÃO

__________

Seja feliz com os que mais gosta na casa que sempre sonhou!

O que ter em conta para conseguir o melhor Crédito Habitação?

O Crédito Habitação, tal como o próprio nome indica, é um processo de financiamento à habitação. Ou seja, é um produto bancário com um tipo de contrato de crédito mais barato do mercado, uma vez que tem associada uma garantia de um ativo real. É também um tipo de crédito que permite um largo prazo, normalmente até ao máximo de 30 ou 40 anos, o que ajuda a obter prestações mais reduzidas comparativamente com os créditos pessoais ou outros créditos de curto prazo.

A família está a crescer e necessita de uma casa maior? Apaixonou-se por um apartamento no centro da cidade? Tem planos de construir a casa dos seus sonhos? Ou sempre desejou comprar uma casa de férias?
Tudo isto, mas não tem dinheiro para tal?
Seja uma casa de primeira ou segunda habitação, o crédito habitação dá-lhe liberdade financeira para realizar o que planeia!

Nós explicamos tudo!

h

TAXAS

Tenha atenção à TAEG / MTIC e se vai optar por uma taxa fixa ou variável.

h

EURIBOR

Saiba qual o prazo da Euribor que deve escolher e o arredondamento da mesma.

h

SEGUROS

Entenda os seguros associados.

h

Outras despesas

Para além das principais,mencionadas em cima, existem outras despesas associadas cobradas pelo banco.

PORQUÊ CRÉDITO HABITAÇÃO?

Hoje em dia, a maioria dos portugueses recorre a créditos habitação para tomar um passo importante nas suas vidas e adquirir a sua primeira casa. Saiba que é um processo demorado e muito burocrático, mas nós ajudamos com o resto! Confira o nosso simulador de crédito habitação!        

Ao longo do processo de pedido de crédito habitação irá necessitar de reunir todos os documentos necessários como por exemplo a última declaração de IRS, o mapa de responsabilidades do Banco de Portugal, o último extrato de cada um dos seus cartões de crédito, entre outros. Para além disso, poderá antecipar quanto irá ter de pagar de impostos como o IMI, IMT e o SI. No entanto, primeiro que tudo será fazer a primeira simulação.

Notas alusivas ao Crédito Pessoal

Peça aqui a sua simulação de crédito habitação!

Notas alusivas ao Crédito Pessoal

Peça aqui a sua simulação de crédito habitação!

Quais são os documentos necessários para dar início ao meu processo?

Para dar início ao seu processo de um crédito habitação, precisa dos seguintes documentos: 

  • Documento de identificação legível e atualizado;
  • Última declaração de IRS;
  • Declaração de rendimentos;
  • Declaração de vínculo contratual (emitida pela entidade patronal);
  • Recibos de vencimento (últimos 3 meses);
  • Nota de liquidação de IRS do ano anterior;
  • Extratos bancários (últimos 3 meses);
  • Declaração de início de atividade (se aplicável);
  • Mapa de Responsabilidades do Banco de Portugal;
  • Comprovativo de IBAN;
  • Comprovativo de morada;
  • Último extrato de cada um dos seus cartões de crédito.

Caso tenha ficado com dúvidas, consulte as Perguntas & Respostas frequentes.

Consulte aqui as questões e dúvidas mais frequentes sobre créditos habitação ou entre em contacto directo connosco!
Os bancos fazem financiamento a 100%?

Existem limites a alguns dos critérios usados na avaliação da capacidade de os clientes cumprirem as suas obrigações, abrangendo a concessão de novos créditos à habitação, créditos com garantia hipotecária ou equivalente e créditos ao consumo.

Uma medida aprovada pelo Banco de Portugal a 30 de Janeiro de 2018.

Esta medida determina que nenhuma instituição financeira pode financiar mais do que 90% do valor da escritura de aquisição, sendo que esse mesmo imóvel não poderá ter nenhum outro crédito associado como garantia hipotecária nos 24 meses subsequentes à escritura da aquisição.

É obrigatório ter um fiador?

Não é obrigatório ter fiador. A exigência do mesmo varia de caso para caso e dependerá do risco que poderá representar para o banco. Quanto maior for o risco que apresentar, maior é a probabilidade de lhe ser exigido um fiador.

A instituição bancária vai avaliar tudo, desde as suas condições profissionais até às financeiras. Se não tiver a capacidade financeira para suportar o encargo com o crédito habitação, à partida, ser-lhe-á solicitado um fiador. Essa capacidade financeira é calculada através da sua taxa de esforço. No entanto, mesmo com uma taxa de esforço baixa, pode ser feita essa exigência devido a decisões comerciais por parte do banco.

Estou no desemprego, posso fazer um crédito habitação?

É possível fazê-lo desde que consiga acrescentar fiadores ou outras garantias adicionais de pagamento para a prestação a assumir. No entanto, cada caso é um caso e, varia de banco para banco, a decisão de aprovação de acordo com os critérios de crédito que existirem na altura.

Genericamente, numa situação de desemprego e sem garantias adicionais de pagamento, dificilmente o crédito será aprovado pelo banco.