fbpx

Já pode realizar todos os sonhos que tem em si! Adquira a sua Liberdade Financeira com um Crédito Pessoal!

1- O que é um Crédito Pessoal?
2- Por quanto tempo posso ficar a pagar o meu Crédito Pessoal?
3- Porquê optar por um Crédito Pessoal?

1.O que é um Crédito Pessoal?

O crédito pessoal é um contrato de financiamento entre um banco ou uma instituição financeira de crédito e um ou mais indivíduos. Ou seja, é uma solução financeira habitualmente recorrida pelos portugueses para determinados consumos.

Este tipo de crédito ou de empréstimo apresenta duas potenciais vantagens comparativamente com os outros tipos de crédito que são: a satisfação de uma necessidade de forma minimamente rápida e a não obrigatoriedade de dizer a finalidade.

Se planeia fazer obras, modificar ou equipar a sua casa? Se sente que merece umas férias completas a viajar pelo mundo? Se pretende adquirir um eletrodoméstico novo? ou se tem intenções de estudar fora? Não interessa partilhar o motivo pelo qual está a pedir o seu crédito pessoal, que tal como o nome indica, é pessoal e o motivo só diz respeito à pessoa que o pede.

Portanto, qualquer que seja o seu desejo ou necessidade, o crédito pessoal dá-lhe liberdade financeira para realizar o que planeia!

2. Por quanto tempo posso ficar a pagar o meu Crédito Pessoal?

Atualmente e, até nova atualização, o Banco de Portugal decidiu reduzir o prazo máximo para novos empréstimos de crédito pessoal de 10 para 7 anos.

No entanto, ainda existem exceções como o caso dos créditos com finalidades de educação, saúde e energias renováveis, cuja maturidade máxima continuará a ser 10 anos, desde que estas finalidades sejam devidamente comprovadas.

imagem alusiva a um Crédito Pessoal para investir em projetos da vida

3- Porquê optar por um Crédito Pessoal?

Para que perceba o conceito de crédito pessoal, ou também, designado por crédito de consumo, pense onde irá aplicar o dinheiro, durante quanto tempo necessita para o devolver e quais as taxas de juros a serem praticadas.

Por isso, aconselhamos que entenda, se necessita realmente de recorrer a um crédito. Lembre-se que, para qualquer dos efeitos, assumir um Crédito é assumir uma nova divida. Pense sempre que ao pedir um crédito pessoal está a antecipar consumo futuro pelo que terá de devolver o dinheiro com um acréscimo de juros.

Alertamos também para que tenha cuidado com as campanhas publicitárias que lhe prometem crédito fácil, principalmente através das redes sociais. Recorde-se sempre que o que importa num crédito não é a prestação mensal mas antes o valor total dos encargos ao longo do contrato.

Outra chave de ouro para um pedido de crédito é, se estiver numa situação de excesso de endividamento e a entrar numa espiral de sobreendividamento — Nesse caos pare! Nunca peça um crédito para pagar dividas de outro crédito que já tenha adquirido, para isso existe uma solução como o Crédito Consolidado que é muito mais vantajoso para si sem correr o risco de entrar num situação financeira muito mais vulnerável.

No entanto, caso seja mesmo da sua necessidade, nós ajudamos desde a simulação, ao acompanhamento de todo o processo de análise da sua situação de crédito à finalização burocrática.

Confira tudo o que necessita de saber no nosso simulador de crédito pessoal.

4- Quais são os documentos necessários para avançar com o processo de pedido?

Para dar início ao seu processo de um crédito, precisa dos seguintes documentos: 

  • Documento de identificação
  • Comprovativo de morada
  • Comprovativo IBAN nominativo de um dos titulares do contrato
  • Os 3 últimos recibos de vencimento/ Comprovativo de pensão
  • Última declaração IRS (modelo 3)
  • Nota de liquidação do IRS
  • Mapa de responsabilidades do Banco de Portugal